quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O mapa do tesouro

Era um mapa, daqueles comuns, nada de diferente e legal de olhar, não tinha nada muito perspicaz, ele era normal...
Jogado e perdido, de mão em mão, aprendeu a se contentar com as pessoas tentando segui-lo, tinha medo de ser rasgado sem antes alguém encontrar seu verdadeiro tesouro, dava pistas mas nunca a resposta, e se falasse não contaria o segredo, era um mapa, e era normal...
Será que seria um pirata ao encontrar o tesouro? Ou, será que alguém encontraria o tesouro?
Eu até poderia dizer que o mapa é como uma pessoa, o medo de que de errado é maior que a vontade de ser feliz, mas será que somos tão normais quanto o mapa?
Não, é errado eu comparar um humano com um mapa, temos mais "sangue" em nossas veias, e queremos mais do que alguém que ache o nosso coração tesouro.
Não vamos ser como mapas, tentando achar o outro lado da laranja antes de poder achar uma faca para descasca-la, somos humanos, nunca esqueçam disso.

5 comentários:

  1. Agente pode não ser um mapa, mais perdemos a maioria do nosso tempo querendo achar algo ou deixando pistas pra que nós procurem.
    Incrivel como seus textos ficam ainda melhores!
    Beijokas =)

    ResponderExcluir
  2. Adorei a comparação. Mas o mapa sabe aonde está o tesouro, só não o revela! Agora nós, muitas vezes nem sabemos nos achar em nós mesmos.

    ResponderExcluir
  3. Não entendi. Por isso não gostei. ~ simpático.

    ResponderExcluir
  4. Excelente, gostei demais! Você humilha com seus textos, adoro passar por aqui :)
    beijos

    ResponderExcluir

Nunca sabemos de tudo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...