quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Eu posso ser amada

Por um instante - por mais assustador que isso possa parecer - senti que podia ser amada.
Não por que alguém havia me dito, ou por que eu estava amando alguém, não, eu apenas senti, sem pensar em ninguém, e sem ter conceitos formados sobre o que aconteceria. Por mais estranho que isso possa parecer.
Tem momentos na vida em que coisas boas chegam até nós sem precisarmos chamar, correr atrás ou ter uma base estruturada para isso. Essas coisas chegam como os sonhos, enquanto dormimos, não estamos conscientes de que virá, mas depois que vem gostamos ou odiamos. Eu gostei do sentimento de confiança, mesmo ainda não sendo o amor.
Estava olhando para o espelho quando isso aconteceu, tem algo a ver com auto-confiança estética, que eu não tenho total controle. O pensamento simplesmente veio: "Eu posso ser amada"
E um segundo depois minhas voz embargada saiu:
- Eu posso sim - um sussurro, saiu de minha garganta trancada, pela gripe, (in)felizmente.
Me arrepiei dos pés a cabeça, não sei se foi pelo fato de a janela estar aberta, ou por que isso sempre acontece quando falo algo para mim mesma com confiança mental. Acho que um pouco dos dois.
Sim eu posso ser amada, só que nem tudo são flores e querer não é um fato consumado, podia ser amada, posso, poderei...
Relaxem, eu tenho apenas 15 anos.

7 comentários:

  1. Ontem me senti assim também... Adorei o texto. Estou seguindo, bjjj

    ResponderExcluir
  2. hehehe...os arrepios podem ter sido pelos dois motivos. Muito bom. Isso me inspira;

    ResponderExcluir
  3. Todos temos momentos assim, mágicos. Instantes em que encontramos com o quê trazemos de melhor em nós e, a partir desse enconto, dividimos esse melhor com o mundo. Enfim, felizes os que amam e são amados!! Belo texto, Alessandra!
    Feliz fds! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Lindo o texto, e acho que de uma forma de outra perceber isso é importante.

    Arrasou como sempre.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. amei o blog,seguindo...
    segue?http://viiviihmdiario.blogspot.com/
    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  6. Sim, você pode *--*
    Ainda tem muito o que viver.
    Mais cedo ou mais tarde vai encontrar alguém especial :) tenho certeza.

    Lindo o post :D

    ResponderExcluir
  7. Nossa Alê, quando eu penso nessa parte: 'que você tem apenas 15 anos' nem acredito. Você escreve de forma tão madura...

    Beijos

    ResponderExcluir

Nunca sabemos de tudo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...