sábado, 22 de maio de 2010

Doce ser

Oh, assim você machuca meu ser interior.
Deteriora minha alma, afugenta meu coração,
Não queres nada do futuro, doce ser?
Não pedes nada para si próprio além de alguém que possa te resguardar?

Oh, doce ser...
Precisa de alguém que te guarde com cuidado.
Você precisa ser zelado com amor,
Suas células pedem fervor e carinho.

A chuva vem vindo,
E agora doce ser? Aonde vai te esconder?
Vou arranjar uma choupana qualquer, 
Assim meu doce ser vai poder se proteger.

Oh, doce ser...
És tão doce que às vezes me deprime,
Minha alma amargurada te oprime?
Não me deixe ser assim,
Só deixe estar, que o que for pra ser, concerteza será. 

2 comentários:

  1. tem selinho pra vc no meu blog

    ResponderExcluir
  2. Não tinha lido este ainda. Gostei muito.
    Bem escrito e envolvente o suficiente pra me fazer bem.

    Grande beijo e obrigada pelo prazer da leitura.

    ResponderExcluir

Nunca sabemos de tudo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...